A importância do Seguro Patrimonial no dia a dia

Se você já conquistou algumas coisas na vida, como construir uma família, abrir seu próprio negócio, adquirir sua independência financeira ou até mesmo conseguir comprar a casa ou carro dos sonhos, você sabe o que quer dizer o significado do ditado popular “Sem suor, não há conquista”. Cada noite em claro, cada economia que é feita para se conquistar algo maior, tem um gostinho muito bom quando alcançamos um degrau acima do que estávamos.

Mas e a “pulga atrás da orelha”: será que alguém pode me roubar o que conquistei? Sou muito precavido, mas e se um fato inesperado ocorrer? Algum acidente, alguma fatalidade? Todas estas perguntas incomodam muito, ainda mais quando sabemos que será muito difícil conquistar item igual. Pode até ser que podemos adquirir outro, mas nos exigirá, novamente, novos sacrifícios e, talvez, não estejamos mais na idade pra isso, ou existam outras prioridades naquele momento da vida.

Para isso existem os seguros: para nos assegurar de que, mesmo que fatos inesperados ocorram, tenhamos a tranquilidade que nossos objetivos e sonhos serão mantidos. Já dizia o teólogo norte-americano Willian Shedd: “O barco está seguro no porto. Mas não é pra isso que os barcos são feitos”. Resumo da história: não alcançamos certo patamar na vida (financeiro, status, patrimônio entre outros), para ficarmos trancafiados num cofre vazio, longe de qualquer ameaça. Fomos e somos feitos para viver livremente, com entusiasmo, sem preocupações e medos. Existem grandes especialistas e empresas com anos de experiência para nos ajudar a cuidar do que conquistamos.

Apesar de tudo isso, muitos corretores de seguros, se não todos, já ouviram de um cliente a frase: “Pago seguro há muitos anos e nunca usei!”. Todos aqueles que adquirem qualquer produto do ramo de seguros, o usam todos os dias! Usar SEGURO não significa receber indenização. Usar o seguro significa ter a garantia de que seu patrimônio está protegido. Usar o SEGURO é saber que aquele sonho não irá lhe escapar por entre os dedos. Seguro não é indenização, é tranquilidade. Mas fazer seguro é para poucos pois custa muito caro, já dizem outras pessoas. Na realidade, quem tem dinheiro para bancar uma eventualidade é justamente quem menos precisaria fazer seguros. O produto é útil principalmente para quem não tem de onde tirar recursos se acontecer um imprevisto.

O Seguro mais comum para a maioria das pessoas talvez seja o de veículos. E por que isso? Talvez devido à falta de conhecimento sobre os demais tipos de seguros ou porque pode-se pensar que os seguros de automóveis são mais acessíveis. Mas eu te pergunto: O que vale mais, seu carro ou sua casa/apartamento? E a sua empresa, é menos valiosa que os veículos que tem em sua garagem?

Acredito que a resposta será a mesma para 100% das pessoas: com certeza sua residência ou empresa vale muito mais, não é mesmo?

Mas quais são as razões para se fazer um seguro patrimonial?

Além da tranquilidade, proteger sua residência, empresa e até mesmo o condomínio, representa a garantia de um futuro sem sustos para você, sua família, empregados e demais pessoas do seu convívio.

Responsabilidade com o próximo: esse é mais um motivo do por que fazer um seguro é importante. Caso você possua a cobertura para terceiros, você poderá garantir a reparação dos prejuízos da outra pessoa, além do seu, de uma só vez.

E quais são os tipos de seguros patrimoniais?

Residenciais (sejam elas moradias habituais ou de veraneio, casas ou apartamentos), condominiais (de apartamentos ou casas, residenciais ou comerciais, verticais ou horizontais) e empresariais (salão de beleza, pet shop, bares e restaurantes, lojas de roupas, ou até mesmo grandes indústrias ou shopping centers, entre outras centenas de tipos).

Em se tratando de seguros para empresas, seja seu negócio uma pequena loja ou consultório ou uma grande indústria, existem várias coberturas que podem lhe dar uma tranquilidade plena, possibilitando que você invista seu tempo no que realmente importa: seu negócio.

E quais são as coberturas de um seguro patrimonial?

O(a) contratante opta pelo plano que mais atende às suas necessidades. Vejamos alguns deles:

Cobertura contra incêndio, queda de raios e explosões, são as chamadas proteções básicas, pois tratam-se de coberturas obrigatórias. As chamadas coberturas adicionais temos como exemplo: danos elétricos, desastres ambientais ou naturais e eventos da natureza como chuvas de granizo, tornados, furacões e outros – ainda que sejam improváveis de acontecer, existe um risco, e isso pode abalar a estrutura da empresa; cobertura contra roubos e furtos; cobertura para pagamento do aluguel; Despesas fixas decorrentes de incêndio, queda de raio e explosão ou danos elétricos; Responsabilidade civil, e vários outras. Todas estas dependendo do tipo do seguro patrimonial e da Cia Seguradora.

Quando se possui uma empresa ou, em se tratando de condomínios e até mesmo nossas residências, não expomos apenas nós a riscos diários, mas também a outras pessoas, pois acidentes podem acontecer com qualquer pessoa. As quase desconhecidas coberturas RC’s, ou seja, Responsabilidade Civil, nos auxiliam a arcar com as despesas com eventuais danos materiais e/ou corporais, como por exemplo as coberturas de RC Empregador ou RC Operações para os seguros empresariais que cobrem danos e/ou perdas caso algum acidente ocorra, ou a RC Familiar, voltada para os seguros residenciais, que cobrem perdas e/ou danos materiais causados por qualquer membro da família, animais domésticos e até mesmo, empregados contratados pelo segurado como faxineiras e empregadas domésticas.

Coloco como um “capítulo” a parte, o assunto Assistência 24hs. São os pacotes gratuitos de serviços que as cias seguradoras oferecem no processo de contratação do seguro. Há diferente níveis e serviços oferecidos como um simples chaveiro e eletricista, bem como conserto de eletrodomésticos da linha branca (máquinas de lavar, geladeiras e fogões) e também da linha marrom (aparelhos de som e imagem), help desk – Instalação, reparo e configuração de softwares, internet e e-mail, entre outros.

Tendo um seguro e contratando estes benefícios, todas essas ocorrências que são bastante comuns, estarão com a solução garantida.

Viver é correr riscos e eles estão sempre por perto, mesmo que você não queira olhar para eles. Esperar algo acontecer para tomar uma providência sairá bem mais caro do que prevenir. Entre em contato com seu corretor de seguros: são os profissionais habilitados que apresentarão a você todas as características presentes nos seguros, mostrando quais serviços se encaixam à sua realidade.

A San Martin Seguros BH Belvedere está apta para prestar a consultoria que você precisa, pois: “Nossa maior preocupação, é evitar a sua”.

 Frederico Rubinger é franqueados da San Martin, unidade
BH Belvedere, corretor de seguros e previdência.  

Acesse o site da franquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *